PAU DOS FERROS

ESTE BLOG VAI DESTACAR AS COISAS DA CIDADE DE PAU DOS FERROS E DOS MUNICÍPIOS LIMITROFES: ANTÔNIO MARTINS, ENCANTO, FRANCISCO DANTAS, MARCELINO VIEIRA, MARTINS, RAFAEL FERNANDES, SÃO FRANCISCO DO OESTE, SERRINHA DOS PINTOS (RN) E ERERÊ(CE) – STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON, JULLYETTH, JÚNIOR E JÚLIA – MOSSORÓ-RN

BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

sábado, 2 de dezembro de 2017

AGNELO PEIXOTO DE QUEIROZ



AGNELO PEIXOTO DE QUEIROZ nasceu aos 14 dias do mês de dezembro de 1896, em Pau dos Ferros, Estado do Rio Grande do Norte. Ele era o quarto filho de uma prole de sete do casal Francisco Assis de Queiroz Peixoto e Maria José do Espírito Santo. Era casado com Maria Diolinda do Nascimento, de cujo enlace matrimonial, em 1917, nasceram oito filhos (seis homens e duas mulheres).
Na vida profissional trabalhou na agropecuária de subsistência no sítio ‘Curral Velho’, de sua propriedade, que foi desapropriada no Regime Militar, na década de 70, juntamente com outras comunidades da região, para implantação do Perímetro Irrigado, cuja infraestrutura e operação só vieram a ser inauguradas, oficialmente, em 28 de outubro de 1987 pelo então Presidente da Republica, José Sarney, e o Governador do RN, Geraldo Melo.
Agnelo Peixoto de Queiroz também atuou no ramo do corte de carnes, denominado, na época, de ‘marchante’. O oficio de açougueiro foi levado adiante por alguns filhos, netos e bisnetos até os dias atuais.
‘Padrinho’, como era carinhosamente tratado por seus entes queridos, ao receber o pagamento da indenização das suas terras pelo Governo Federal, veio morar na sede do município de Pau dos Ferros, em 01 de março de 1975, na casa que adquiriu com os recursos financeiros, localizada na rua Napoleão Diógenes, 289, onde faleceu, aos 95 anos, em 11 de maio de 1991. Pouco tempo após sua passagem para o plano espiritual, os familiares venderam o imóvel para construção da Capela de São Judas Tadeu, padroeiro da comunidade.
Como cristão católico fervoroso, era uma assíduo freqüentador das missas, rezava várias vezes ao dia, inclusive na hora das refeições para agradecer a Deus pelo ‘pão de cada dia’, e ao deitar e se levantar para a labuta.
Há fortes indícios de que o apelido ‘Capote’ – como é conhecida a numerosa família pau-ferrense da qual é o patriarca – seja uma corruptela do nome próprio Agnelo que, pra época, era exótico, e seus contemporâneos, por não saberem pronunciar, passaram a chamar de ‘seu Guiné’ que, na região Nordeste, também é a ave capote e, certamente daí, ficou criada a alcunha. E para perpetuar a identificação, um trisneto dele foi registrado, em cartório, com o nome de Esaú Capote.
Pela sua contribuição com a vida social, econômica e do desenvolvimento de Pau dos Ferros, a Câmara de Vereadores, por meio da Lei 796/99, de 15 de outubro de 1999, prestou-lhe homenagem póstuma ao batizar uma rua no bairro Manoel Deodato com o seu nome.
FONTE – BLOG  DO CAPOTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
COM 77 BLOGS E MAIS DE 2 MIL LINKS

Quem sou eu

Minha foto
LEVANDO O RIO GRANDE DO NORTE ATÉ VOCÊ E PARA O MUNDO - STPM JOTA MARIA - MOSSORÓ-RN, 4 DE FEVEREIRO DE 2014